Sugestões de cardápios para marmitas




Quando pensamos em marmitas sempre nos vem àquela dúvida do que preparar para levar de almoço. A maioria das pessoas aproveitam as sobras do jantar do dia anterior para fazer uma marmita para o almoço, mas nem sempre ao reaquecer a mistura  fica apetitosa. Aqui vou deixar algumas sugestões simples, econômicas e saborosas de cardápios para marmitas.

Sempre adquira marmitas com divisórias, pois além de práticas, não misturam o gosto das porções. As marmitas de plástico são as melhores para esquentar em micro-ondas e banho-maria, aquecem a comida por igual e não deixam gosto. As marmitas de vidro são ótimas para levar macarrão, porém o problema é que ao serem transportadas podem cair causando cortes em quem as carrega. As marmitas de metal só podem ser aquecidas em banho-maria ou no fogão.

As porções podem ser feitas no mês anterior e congeladas, a dica é sempre deixá-las etiquetadas com a descrição das porções. As marmitas devem ser retiradas do congelador na noite do dia anterior, assim quando forem aquecidas, não terão o problema de ter partes da comida geladas ou congeladas.

Ao colocar arroz e feijão na marmita, coloque o feijão no fundo e o arroz por cima, pois quando aquecida a marmita, a mistura ficará molhadinha e mais saborosa. O contrário o feijão seca e o arroz fica sem sabor. O purê deve sempre ficar no fundo para que o aquecimento fique por igual.

Sugestões de cardápio:

·        Arroz e feijão, legumes cozidos, filé de frango grelhado;
·        Arroz e feijão, purê de abobora, bife de carne picado com cebolas e tomate em rodelas;
·        Arroz e feijão, panqueca de carne moída com molho de tomate;
·        Arroz e feijão, polenta cozida recheada com presunto e queijo;
·        Lasanha;
·        Torta de frango.

As sugestões podem ser acompanhadas de salada, sempre em potes a parte das demais refeições. Nunca congele saladas, melhor se feitas no dia anterior e temperadas no dia seguinte com limão, azeite/óleo de milho e sal.


Um comentário:

  1. Oi Marisa.
    Na minha época não tinha muita opção, não. Era a de alumínio, mesmo. Freezer, microondas tudo isso veio facilitar àqueles que comem de marmita e, na minha opinião é muito melhor e mais barato do que comer na rua.
    Valeu pela dica.
    Lúcia

    ResponderExcluir