Mel orgânico, o que é isso?


Marisa Fonseca Diniz



Imagina um mel sem nenhum tipo de contaminação química ou biológica? 

Pois é, ele existe e é conhecido como mel orgânico. Este tipo de mel segue normas específicas que qualificam o produto como isento de contaminações indesejáveis, tais como as abelhas que recebem antibióticos e contaminam o mel.

A constatação de que o mel produzido pelos apicultores segue regras claras considerando-o orgânico depende exclusivamente da inspeção técnica que é responsável em verificar se a produção está de acordo com as exigências, após período de carência, o apicultor consegue a certificação do produto como sendo orgânico.

O bom da certificação é que o apicultor pode usar um selo especial no produto, que o identifica como orgânico. A região nordeste do Brasil é a melhor região do mundo com as melhores condições para se produzir este tipo de mel.

O mel é um produto com propriedades energéticas e terapêuticas, rico em água, açúcar, cálcio, ferro, fósforo, cobre, magnésio, potássio, vitaminas B, C, D, E, além de conter antioxidantes que previne a má digestão, gastrite, auxilia na prisão de ventre e protege a mucosa da garganta, aliviando possíveis irritações. Deve-se tomar cuidado quando consumido em grandes doses, pois se torna um veneno aos diabéticos e às pessoas com refluxo estomacal.

Receita de máscara facial com mel orgânico:

·        01 xícara de mamão
·        01 sopa de mel orgânico

Preparo e aplicação:

Misture o mamão com o mel, aplique no rosto e deixe agir por 15 minutos. Retire com água filtrada.


Nenhum comentário:

Postar um comentário