As banheiras mais caras do mundo



Marisa Fonseca Diniz


Antigamente, a banheira era uma grande bacia com um furo no meio na qual servia para escoar a água do banho. A água que era escoada da bacia era utilizada para aguar as plantas, lavar as roupas e para a limpeza em geral. As banheiras eram móveis e feitas de ferro esmaltado ou de chapa inoxidável. Não era comum o uso de banheiros dentro das casas, e as pessoas tinham o costume de guardar as banheiras na cozinha onde se banhavam.




Na época vitoriana as banheiras eram  consideradas artigos de luxo e requinte, as banheiras possuíam o ralo escondido para a segurança das crianças e eram fabricadas em ferro fundido esmaltado ou de um composto de rochas vulcânicas misturadas à resina, o Quarrycast.




As banheiras na era contemporânea tinham os ralos escondidos nos cantos e eram da mesma composição que as banheiras vitorianas, porém o design era moderno e combinavam com os acessórios metálicos e chuveiros termostáticos usados nas salas de banho.




A partir da era moderna, as banheiras começaram a ser fixadas ao chão dos recintos de banho ou banheiros como ficaram mais conhecidos. Eram feitas de Acrílico, plástico e resina sintética. As banheiras eram equipadas de chuveiro, torneiras e utilizava a cortina de plástico ou portas de vidro e plástico para evitar que a água do banho se espalhasse pelo chão do banheiro.
Há muitas pessoas que adoram esbanjar dinheiro investindo em banheiras com designes arrojados ou simplesmente pelo fato de acharam este utensílio muito mais do que um objeto útil para se banhar.

No ranking das banheiras mais caras do mundo, o cliente pode escolher e comprar o tipo de modelo que mais agrada o bolso. Há banheiras de hidromassagem feita de ouro 24 quilates, incrustadas de cristais Swarovski e revestidas de couro legítimo ou sintético que é confeccionada por encomenda especialmente para aos endinheirados dos Emirados Árabes, o preço é um segredo do fabricante.




Os apaixonados por banheiras de hidromassagem podem adquirir este modelo chinês acima de ouro 19 quilates, que serve também como objeto de decoração e custa apenas US$ 10 milhões.




A banheira confeccionada de uma raríssima pedra chamada caijou tem propriedades de cura. O fabricante da peça, figura acima, alega que as antigas civilizações árabe, chinesa e egípcia conheciam as habilidades de cura desta pedra por acumular mais de 100 milhões de anos de energia da terra e do universo. A banheira é considerada uma joia rara e vale aproximadamente US$ 2 milhões




As pessoas que gostam de ostentar e se sentir poderosas ao tomar banho, mas não querem gastar muito podem comprar uma banheira de ouro 18 quilates que custa em torno de US$ 850.000,00.




As pessoas que preferem banheiras mais modernas podem adquirir uma de cristal de rocha, que além de ter um design mais moderno custa em torno de US$ 560 mil.




O designer italiano Luca Bojoba criou uma banheira de malaquite turca com pés em ouro 24 quilates, e o preço é uma pechincha para aqueles que gostam de requinte sem ter que gastar muito, apenas US$ 158 mil.




A banheira de cobre Kallista é toda projetada em cobre maciço tem ducha manual e controles de hidromassagem. O preço cabe no bolso de qualquer apaixonado US$ 47 mil.




A Water Games Technologies criou uma banheira bem criativa que serve para duas pessoas e possui telas de HDTV impermeáveis e com joysticks que ficam na lateral rodeados por detalhes em ouro, diamantes e cristais Swaroski. Esta tecnologia toda pode ser adquirida por apenas US$ 34 mil




Agora se mesmo com estas ofertas imperdíveis nenhuma dessas banheiras fizer o seu gosto, com certeza você vai adorar comprar uma banheira de resina colorida que custa a partir de US$ 45




Se você é daqueles que como eu não tem tanto dinheiro para gastar com estas relíquias, pode se satisfazer com algo mais barato e tão eficiente quanto, basta deixar o luxo de lado e comprar um bom chuveiro a um preço popular nas lojas de ferragens do bairro. Se mesmo assim você não dispensar o uso da banheira, mas não quer gastar muito para isso aqui fica meu conselho: faça sua própria banheira ou ofurô de madeira ou alvenaria, fácil de fazer e barata. Em último caso, uma banheira usada ou um balde grande de ferro podem ser encontradas em lojas de demolição ou materiais usados.

Bom banho!



Artigo protegido pela Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998. É PROIBIDO copiar, imprimir ou armazenar de qualquer modo o artigo aqui exposto, pois está registrado.

Licença Creative Commons
O trabalho As banheiras mais caras do mundo de Marisa Fonseca Diniz está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em https://sevirandosemgrana.blogspot.com/2018/05/as-banheiras-mais-caras-do-mundo.html.

Nenhum comentário:

Postar um comentário